Os melhores pratos da Comida Mineira

A comida mineira é especialmente saborosa, famosa no Brasil e exterior, ela reúne diversos pratos, que encantam desde paladares simples até os mais refinados.

 

Eles são, na maioria, fáceis de fazer e não precisam de ingredientes ou habilidades especiais.

 

Veremos algumas das melhores receitas típicas das Minas Gerais. Confira!

Comida Mineira

Leitão à pururuca

Trazida pelos exploradores de ouro portugueses, ficou famoso pelo sabor e crocância característica, além de ser uma atração decorativa à parte.

 

Depois de limpo, o leitão deve ser regado com o molho e marinar por 12 horas. Então, cubra com papel-alumínio e coloque na grade do próprio forno, deixando uma assadeira por baixo.

 

Deixe assar por 4 horas, virando na metade do tempo, a 240 °C. Retire a cobertura e retorne ao forno por 1 hora ou até dourar.

 

Para fazer a pururuca, aqueça bem o óleo em uma panela e jogue por cima do leitão. Pode ser servido apenas com farofa ou também com arroz e feijão tropeiro.

Arroz com pequi

Comum no norte de Minas, o pequi combina bem com arroz. Ele fica com um cheiro perfumado, além do sabor marcante deixado pela fruta.

 

Descasque e corte os pequis em tiras, depois, refogue com cebola e alho. Adicione o arroz, frite um pouco, coloque água e deixe cozinhar até que ela seque.

 

Antes que esteja completamente seco, coloque algumas folhas cheiro-verde e pimenta bode.

Fígado com jiló

Famoso em vários bares, principalmente, no Mercado Central de Belo Horizonte. Essa iguaria começou a ser consumida por operários, mas logo caiu no gosto de todos.

 

Corte os jilós em rodelas e esfregue um pouco de sal para tirar o amargo, deixe por 3 a 5 minutos. Fatie o fígado em tiras e tempere com alho, sal e pimenta-do-reino.

 

Refogue o jiló com cebola e junte com a carne previamente selada em uma frigideira ou chapa bem quente. Adicione pimentão, cheiro-verde e pimenta dedo-de-moça.

 

Deixe no fogo até os legumes ficarem macios e sirva ainda quente.  

Mexido

Apreciado tanto em casa quanto nas mesas dos restaurantes e botecos. Presente em outros estados, essa versão já faz parte da cultura culinária de Minas.

 

Frite uma porção de bacon na própria gordura, retire e use a mesma panela para fritar a linguiça e o torresmo. Então, junte alho, cebola e deixe refogar.

 

Coloque arroz e feijão escorrido, já cozidos, couve picada, cebolinha e mexa tudo com cuidado. Frite 1 ou 2 ovos e sirva por cima.

Frango com quiabo

Uma das tradições mineiras, teve influência africana, portuguesa e indígena, sendo consumido desde o século XIX.

 

Lave os quiabos e corte em rodelas, refogue-os em óleo quente até não ter mais baba, isso dura cerca de 10 a 15 minutos, separe. Tempere o frango e reserve por 30 minutos.

 

Doure a carne no óleo, junte cebola, alho, tomate e deixe refogar. Depois, coloque água e cozinhe por 20 minutos, com a panela tampada. Adicione o quiabo, cheiro-verde e deixe secar um pouco.

Bambá de couve

Outra iguaria simples, saborosa e bem tradicional. Feita com paio, couve e fubá, é fácil de fazer e boa para os dias frios.

 

Lave a couve e rasgue com as mãos, depois, frite o paio na própria gordura até dourar. Em uma panela, dissolva o fubá na água, mexendo sempre até que engrosse.

 

Em outra panela doure alho, cebola e junte ao caldo. Adicione a couve, um ovo batido, misture tudo com uma colher de pau e cozinhe por mais 10 minutos.

 

Tempere com sal e, se desejar, sirva com linguiça frita por cima.

 

A comida mineira é um delicioso patrimônio, que podemos reproduzir com facilidade em casa. Basta vontade, fome e uma pitada do jeitinho de Minas.

 

Se você gostou deste post, deixe um comentário, queremos muito saber sua opinião!

Olá pessoal, tudo certo com vocês?

O Circuito Rota dos Sabores é um blog despretensioso sobre a farta e diversa culinária mineira. Venha com a gente descobrir esse universo maravilhoso!

Comida Mineira

Em breve iremos divulgar nossa primeira postagem. Fiquem ligados!